Saiba por que o crescimento do vegetarianismo no Brasil é importante

 

O crescimento do vegetarianismo no Brasil traz informações animadoras para a proteção ao meio ambiente e para a melhoria da qualidade de vida de muitas pessoas. E esta proteção ao meio ambiente inclui não só as florestas nacionais, mas também os animais e a continuidade da vida humana na Terra.

Neste texto falaremos apenas do crescimento do vegetarianismo em âmbito nacional para que possamos nos inspirar com estes dados e, por que não, inspirar outras pessoas também. Afinal, uma das premissas mais importantes em nossa *Pousada em Aiuruoca* – Reserva Ecológica Canto do Papagaio é a não-violência, ahimsa. Vamos falar sobre este assunto?

 

Dados sobre vegetarianismo no Brasil

 

Segundo dados do IBOPE, estima-se que cerca de 14% da população já aderiu ao vegetarianismo, sendo que as capitais são as regiões onde este número aumenta cada vez mais. Destaque para São Paulo, Recife, Curitiba e Rio de Janeiro.

Estamos falando de cerca de 30 milhões de vegetarianos que optaram não só por uma alimentação saudável, mas também por sustentabilidade, ética e saúde.

 

Impacto no mundo

 

De acordo com a ONU, a pecuária é um dos dois maiores responsáveis pelos problemas ambientais no mundo. Para se ter uma ideia, são necessários 10 a 20 mil litros de água para cada 1 kg de carne disponibilizada no mercado.

Por dia, são necessários 3.800 litros de água para o consumo de carne de uma única pessoa, além da emissão de CO2, que pode chegar a 335 kg para cada 1 kg de carne que é consumido.

 

Como mudar este cenário?

 

Uma das bases do yoga é o princípio ético (yama) de ahimsa, palavra em sânscrito que significa “não-violência”. Não-violência nas atitudes, nas palavras e nos pensamentos para que possamos nos aproximar da essência real que cada um traz dentro de si.

Em nossa Pousada em Aiuruoca estamos sempre atentos a este e outros preceitos muito importantes para o despertar de nossa consciência. Esses preceitos também incluem o cuidado com o novo cenário do turismo nacional, que voltará de forma consciente à ativa, respeitando todos os critérios de proteção contra o avanço da doença Covid-19.

Mesmo com a redução significativa no consumo de carne que vem acontecendo nos últimos anos, os impactos continuam reverberando consequências alarmantes. Por isso, devemos buscar informação e compartilhar informação. Tomar consciência de que o futuro de nossas crianças depende disso, de que não há lógica na imposição de sofrimento a outras entidades vivas para o prazer dos sentidos.

Em nossa Pousada em Aiuruoca, nosso dharma (dever) também é o de servir ao próximo, observando a existência de Deus no coração de todos, incluindo homens, plantas e animais.

O Canto do Papagaio, tem participado ativamente de várias lives com profissionais de ponta, para desenhar nosso novo modelo de funcionamento. Muitas coisas mudarão, como nosso Bistrô, nossa prática de yoga, nossa meditação, nossa caminhada na mata, nossa limpeza nos chalés. Tudo isso trará consigo uma conscientização ambiental também. Tal conscientização consiste em informação e na garantia de que, uma vez situados no barco do conhecimento, não perderemos nada. Consequentemente, não impediremos outras pessoas de se beneficiarem também.

Informe-se mais acessando os textos da Sociedade Vegetariana Brasileira.

E saiba mais também sobre os ensinamentos que embasam nossas reflexões no Canto do Papagaio.