Já ouviu falar dos Vedas, literatura da Índia Antiga?

A palavra “Veda” deriva do sânscrito e significa “conhecimento”. Compõe a vasta literatura da Índia Antiga tratando sobre vida espiritual, autorrealização, cosmologia, medicina, astrologia, astronomia, ciência comportamental, social, entre muitos outros temas que envolvem a grande maioria dos interesses daqueles que querem verdadeiramente entender o funcionamento do mundo em que vivemos.
A Bhagavad Gita figura como o livro dos Vedas, estudada no mundo inteiro e considerada na Índia da mesma forma que a Bíblia no Ocidente.
“A Canção da Suprema Personalidade Deus” apresenta um diálogo de 700 versos entre Sri Krishna e o guerreiro Arjuna momentos antes de uma grande batalha – a Batalha de Kuruksetra – que aconteceu há mais de cinco mil anos na Índia, envolvendo dois exércitos de uma mesma família pela conquista do poder.

Confuso com o fato de ter que lutar “a grande guerra”, Arjuna expõe para Krishna, a Suprema Personalidade de Deus, seu descontentamento em ter que lutar contra pessoas queridas para conquistar o reinado.
Arjuna expõe seus argumentos, faz objeções, até o momento em que Krishna derrama sobre ele o conhecimento do que é Bhakti Yoga, o yoga da devoção e do cultivo de amor a Deus.
Através de uma relação de mestre e discípulo, Arjuna faz com que o leitor se identifique naturalmente com suas dúvidas e questionamentos, pois eles

nos aproximam da realidade individual e da batalha que todos inevitavelmente enfrentam ao longo da vida.São 18 capítulos de profundos ensinamentos, que devem ser ouvidos com espírito de humildade e transmitid

os por aqueles que já os compreenderam e os praticam. Diariamente realizamos a leitura de um desses preciosos versos, que baseiam estudos ao redor do mundo todo, incluindo renomadas universidades como Harvard.
Na livraria especializada do Canto do Papagaio disponibilizamos vários volumes traduzidos e comentados pelo fundador da Sociedade Internacional para Consciência de K

rishna (ISKCON), Srila Prabhupada.

Aqueles que leem a Bhagavad Gita certamente não enxergarão mais o mundo da mesma forma.