Sempre é tempo de conhecer e praticar o serviço devocional

Mais um fim de ano se aproximando e com ele a oportunidade de renovação para os próximos que virão. É comum meditarmos na mudança e na busca por novas metas, então que tal um bom conselho para acertar de verdade, através das instruções de Srila Prabhupada e dos ensinamentos da Consciência de Krishna, que nos apresentam à prática do serviço devocional?
A expressão “serviço devocional” pode ser traduzida para o sânscrito como “bhakti-yoga”, termo muito utilizado em nossos textos e postagens. Bhakti-yoga é algo que vai além de uma prática mecânica, postural ou de mero cultivo de conhecimento. Trata-se de uma ciência espiritual que pode transformar sua vida, a partir da espiritualização dos sentidos, da renúncia ao desfrute pessoal e da disposição de se colocar a serviço de Deus e da humanidade.
Esse conhecimento nos foi apresentado através da tradução e comentários de uma extensa produção literária assinada por Srila Prabhupada, mestre e fundador da Sociedade Internacional para Consciência de Krishna (ISKCON) a serviço da qual está a Reserva Ecológica Canto do Papagaio. Até a década de 60 não tínhamos qualquer contato com o verdadeiro significado de clássicos da literatura védica, como a Bhagavad Gita – a base desses ensinamentos.
Quando espiritualizamos nossa consciência, pensamentos, palavras e atitudes, colocando-nos na posição de servos eternos de Deus, recobramos nossa real natureza de almas espirituais, que não têm outra meta ou missão que não seja a de satisfazer a Krishna, a Suprema Personalidade de Deus. Confundidos pelas dualidades do mundo, estamos sempre fadados a constantes estados de felicidade e sofrimento, que nos enfraquecem perante a batalha da vida, tornando nossa existência um emaranhado de nascimentos e mortes neste mundo que é material, ilusório e temporário.
No capítulo 12 da Bhagavad Gita, Krishna explica ao guerreiro Arjuna que através de boa associação desenvolvemos apego a esse serviço devocional, que se torna puro. através das instruções de um mestre espiritual genuíno. O guru é o representante da linha discipular que transmite a sabedoria védica sem impressões pessoais. Ao ouvi-la, o processo se inicia. Cantamos, observamos princípios reguladores com fé, apego e devoção e, assim, ocupamo-nos no serviço transcendental ao Senhor Supremo.
“Neste capítulo (12) recomenda-se este caminho. Portanto, não há dúvida de que o serviço devocional é o único caminho absoluto através do qual se obtém a autorrealização e a Suprema Personalidade de Deus. (…) Felizmente, se alguém desenvolve diretamente o desejo de se ocupar em consciência de Kṛṣṇa, praticando serviço devocional puro, não será necessário se submeter a melhoramentos graduais na percepção espiritual. O serviço devocional, conforme é descrito nos seis capítulos intermediários do Bhagavad Gītā, é mais apropriado. Ninguém precisa se preocupar com os artigos necessários à sobrevivência, porque, pela graça do Senhor, tudo se efetua automaticamente” (Srila Prabhupada, significado Bhagavad Gita Como Ele É, capítulo 12, verso 20).
Como começar? Busque se associar com pessoas que estão seguem este caminho com seriedade, observe suas ações e inspire-se em seus exemplos. Cultive conhecimento, leia as instruções da Bhagavad Gita para compreender o funcionamento do mundo e sua posição nele. Ofereça a Deus suas atividades, seu alimento, torne cada movimento uma reconexão com o Supremo, a origem da alma. Renuncie desejos egoístas, apegos e medos. Confie no processo e pratique com determinação.
Os votos do Canto do Papagaio para o ano novo que se aproxima são os de que você seja feliz, desperto e consciente de sua missão. Sabendo sempre que neste barco do conhecimento jamais se está sozinho. Nossas portas estão sempre abertas para compartilhar tudo isso e muito mais com você!
“Portanto, Arjuna, você deve sempre pensar em Mim na forma de Kṛṣṇa e ao mesmo tempo cumprir com seu dever prescrito de lutar. Com suas atividades dedicadas a Mim e sua mente e inteligência fixas em Mim, não há dúvida de que você Me alcançará.” (Bhagavad Gita, Capítulo 08, Verso 07)
Feliz 2020!