Entrevista com Katia Cunha sobre o Projeto Ecológico Sustentável Canto do Papagaio

Na Serra da Mantiqueira, atualmente funciona o Canto do Papagaio, que quer apresentar para você seu Projeto Ecológico Sustentável.Para falar sobre este assunto entrevistamos a idealizadora do Canto do Papagaio, Katia Cunha, que nos falou sobre economia, energia hidrelétrica, consciência ambiental e espiritualidade.
Nossa gestora é também tributarista e praticante de bhakti-yoga (yoga da devoção), movimento popularmente conhecido como Hare Krishna, que chegou ao ocidente através dos ensinamentos de Srila Prabhupada.
A filosofia de bhakti-yoga nos ensina que devemos cultivar amor e respeito por todas as entidades vivas. Portanto, este princípio nos aproxima de importantes valores, como compaixão, tolerância e humildade, e nos aproxima do avanço espiritual individual e de toda a humanidade.
Pensando nisso, Katia construiu uma Pousada em Aiuruoca, que é sustentável, com um bistrô vegano e vegetariano, que quer compartilhar as razões pelas quais um Parque Ecológico Sustentável pode contribuir para o avanço de todos nós.

Macroeconomia x Meio Ambiente

– Como você enxerga a relação da economia com o meio ambiente?
De acordo com o professor e escritor Tim Jackson, “a macroeconomia é um território assustador para os não iniciados”. Mas o principal parâmetro é simples de se estabelecer.
A principal variável macroeconômica – aquela que provoca toda a confusão, digamos assim, é o Produto Interno Bruto (PIB).
Já está claro que o PIB merece um lugar de honra em uma nova macroeconomia ecológica. Portanto, é importante estabelecer algumas de suas características básicas.

– Como o PIB se relaciona com o meio ambiente?
Falando de forma geral, o PIB é uma medida da “ocupação” da economia. O PIB não presta atenção na saúde ou nos custos ambientais da poluição ou na depleção dos recursos naturais.
Aliás, é fato que o consumo crescente e o impacto ambiental e social causados pelas fontes de energias tradicionais nos levam a entender que se faz necessário repensar novas alternativas para geração de energia elétrica, por exemplo.

Projeto Ecológico Sustentável

– Estes impactos já chegaram em Aiuruoca?
Nossa Pousada em Aiuruoca foi contrária a um projeto que consistia na instalação da Pequena Central Hidrelétrica (PCH), que produziria aproximadamente 16 MW de potência. A implantação desta PCH inundaria uma área de 16,54 hectares.
Assim, a mata que seria impactada seria uma mata ciliar de grande importância para a fauna local, pois abriga uma enorme variedade de espécies da fauna e da flora.
E muitas delas estão ameaçadas de extinção, tais como a lontra, o lobo-guará, o gavião real, o macaco sauiá, o sagui e o bugio.
Isso responde porque projetos desta natureza não levam em consideração todos os aspectos ambientais.

– Quais seriam os riscos da PCH em Aiuruoca para o meio ambiente?
A construção da PCH em Aiuruoca representaria a extinção de uma área que constitui um dos últimos fragmentos dos 4% remanescentes da mata atlântica do Estado de Minas Gerais.
Causaria impactos irreversíveis numa área especial, o que enquadraria o projeto na legislação de proteção ambiental.
Além disso, o projeto do Canto do Papagaio não existiria.

A proposta do Canto do Papagaio

– O que o Canto do Papagaio tem a oferecer como um Parque Ecológico Sustentável em plena Serra da Mantiqueira?
Aqui em nossa Pousada em Aiuruoca representamos o turismo de contemplação, com práticas de banho de floresta, yoga, alimentação saudável, tudo conectado à espiritualidade e à ecologia educacional para turistas e para a sociedade local.

– Qual é a importância da ecologia educacional?
Acreditamos que a falta de educação ecológica faz que com que projetos que trazem danos ao meio ambiente sejam facilmente apoiados.
Em nome da rejeição às práticas de uso de energia limpa, ignora-se fatores primordiais para as gerações futuras.
Portanto, acreditamos que uma sociedade saudável deve respeitar todas as entidades vivas, motivo pelo qual o Canto do Papagaio não poderia estar em lugar mais especial e apropriado do que este.

– Alguma novidade do Canto do Papagaio para este ano?
Durante a quarentena tivemos tempo de repensar muitas coisas.
Mudanças de hábito, maior intimidade com Deus, fortalecimento da nossa união, entre outras coisas. Mas um sentir profundo de gratidão nos abraçou neste mês de setembro.
Acessar corações é a nossa especialidade. Pois, acreditamos que quando acessamos corações, estamos acessando Deus também. Pensando nisso, reabriremos no dia 30 de outubro com algumas novidades.
Destacaríamos nosso novo cardápio sem glúten, pois 70% de nossas preparações agora serão sem glúten, ainda mais saudáveis e saborosas. Queremos compartilhar todo este cenário maravilhoso com vocês!
Um Parque Ecológico cheio de vida, alegria, sabores, espiritualidade e consciência. Reservas aqui!